Quer mais leituras?

Voltar

8 dicas de viagem que podem transformar as suas experiências mundo afora

Viajar é um dos maiores prazeres da vida, ninguém duvida, o tipo de prazer que começa bem antes, na escolha do destino, no planejamento e se prolonga no depois – quando voltamos, revemos as fotos, dividimos a experiência com os amigos e lembramos os momentos mais marcantes. Mas, o sucesso de uma viagem depende de vários fatores, que precisamos considerar antes de sair por aí, desbravando o mundo.

Dicas de viagem
Com base nas nossas experiências, reunimos algumas dicas de viagem que julgamos importantes para o sucesso na sua próxima empreitada. Obviamente, nem tudo depende de nós, mas se fizermos a nossa parte, temos muito mais chances de voltar com boas histórias para contar.

1. Propósito
Primeiro, você tem que entender o que espera do destino que escolheu. Quer conhecer um lugar novo, quer descansar, quer visitar amigos…? A sua escolha vai determinar todo o resto. Quando fiz 50 anos, estava esgotada, trabalhando muito e só queria descansar. Por isso, fomos para Punta Cana, na República Dominicana. O nosso voo era direto, de São Paulo para esse paraíso. Nem passou pela capital, Santo Domingo. Passamos 7 dias dormindo, comendo, bebendo, mergulhando e lagarteando sob o sol do Caribe. Voltamos revigorados.

2. Conhecimento
Acho que uma das melhores dicas de viagem é, antes de viajar, ler a respeito dos lugares para onde vamos – em livros, blogs e sites de turismo. Entendemos que podemos viajar muito melhor, aproveitar mais a viagem se soubermos um pouco sobre a história do destino e os costumes locais. É só pesquisar.

3. Roteiro
Conhecer a localização geográfica, condições climáticas e culturais dos destinos que você deseja visitar é mais uma das dicas de viagem básicas para o sucesso do seu roteiro. Esse conhecimento é fundamental e evita combinar destinos muito distantes; com climas e temperaturas opostas (o que tornariam incompatíveis os itens levados na bagagem) e com atmosferas culturais diversas. Imagine combinar no mesmo roteiro as praias do Caribe com as estações de esqui da Suíça? Isso pode tornar a viagem mais cara e menos proveitosa.

4. Local da acomodação
O fato de estarmos fora de casa, muitas vezes, dependendo do metrô ou do táxi, faz da localização um fator fundamental para tudo dar certo. No nosso entendimento, a hospedagem deve ser o mais próximo possível da maioria das atrações, uma distância que dê para ser vencida a pé. Estar perto do metrô também é uma ótima dica de viagem.

5. Hospedagem
Este item também faz toda a diferença numa viagem. O conforto deve estar no mesmo nível da nossa exigência, da nossa necessidade. Na maioria das vezes, as pessoas precisam, apenas, de um quarto e banheiros limpos, uma cama confortável. Mas, sem dúvida, tem quem exija quartos maiores e piso do banheiro aquecido, enfim… cada um sabe do que precisa.

6. Dinheiro
Você tem que levar o suficiente (em dinheiro ou cartão) para os seus gastos, fazer uma estimativa e levar um pouquinho a mais, para o caso de as coisas saírem do seu controle ou de fazer mais extravagâncias do que pretendia. A quantia deve ser a soma dos gastos com hotel, alimentação, transporte, passeios, visitas a museus e galerias, compras pessoais e lembrancinhas, tudo de acordo com a sua programação. Não dá para dizer quanto você deve levar porque tudo depende de quanto você pode gastar.

7. Com companhia ou sozinho
Viajar sozinho é uma das melhores experiências da vida. É um exercício de independência, você conta, apenas, com você mesmo, decide a programação do dia, come o que quer, na hora que quer e onde quer. Mas, não tem com quem dividir as belezas que vê, as despesas de táxi, de restaurante e os perrengues. Se quer companhia, ela precisa ter os mesmos objetivos que você – se acordam cedo para bater perna, se gostam de sair à noite, se topam qualquer programa, se o que querem é fazer compras. Nos dois casos, existem os prós e os contras. Uma boa companhia de viagem é aquela que, além das afinidades já citadas, não o impedirá de fazer uma programação sozinho, caso ela não deseje. A independência nessas horas faz toda diferença.

8. Seguro viagem
Esta é uma das melhores dicas de viagem que poderíamos lhe dar. Com um seguro viagem, você não precisa se preocupar com os gastos, caso quebre uma perna, tenha uma dor de dente e pegue uma gripe. Além disso, na União Europeia, o seguro é obrigatório, praticamente, um passe pra você atravessar o portal para o primeiro mundo, com dignidade. Sobre o seguro viagem, você pode encontrar informações mais completas num post exclusivo que escrevemos sobre o assunto. No link abaixo, um portal que reúne várias empresas de seguro, onde você pode avaliar e comparar uma com a outra.

Texto e Imagens: Jornalista Sônia Pedrosa, Blog Existe um Lugar no Mundo
Link: http://existeumlugarnomundo.com.br/8-dicas-que-podem-transformar-as-suas-experiencias-mundo-afora/